fique por dentro de floripa

- Economia e Negócios - FIESC e governo avançam no debate de ações conjuntas para o desenvolvimento de SC

18.02.2021

FIESC e governo avançam no debate de ações conjuntas para o desenvolvimento de SC

18.02.2021
FIESC e governo avançam no debate de ações conjuntas para o desenvolvimento de SC
Foto: Encontro foi realizado na FIESC, em Florianópolis (foto: Fernando Willadino)

Presidente Mario Aguiar recebeu secretários de Estado, nesta quarta-feira, dia 17, em Florianópolis, e debateu o Programa Travessia e projetos para infraestrutura de transportes e na área educacional

 

O presidente da Federação das Indústrias (FIESC), Mario Cezar de Aguiar, debateu com secretários de Estado avanços no Programa Travessia e nos projetos para a infraestrutura de transportes e na área de educação. A reunião foi realizada nesta quarta-feira, dia 17, na FIESC, em Florianópolis, e contou com a presença do secretário-adjunto da Casa Civil, Juliano Chiodelli, que representou o governador Carlos Moisés, dos secretários da Fazenda, Paulo Eli, da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, de Desenvolvimento Econômico, Luciano Buligon, da Agricultura e Pesca, Altair Silva, de Assuntos Internacionais, Daniella Abreu, do presidente do IMA, Daniel Vinicius Netto, além de Sérgio Laguna Pereira, da Procuradoria-Geral do Estado.  

“Santa Catarina tem uma indústria muito diversificada e bem distribuída no estado, que responde por 26,7% do PIB e 34% dos empregos formais. Quando olhamos esse PIB e essa participação na geração de empregos, considerando toda a cadeia que está envolvida em torno da indústria, sentimos a importância deste setor para a economia catarinense. Por isso que uma das nossas diretrizes para os próximos anos é fazer com que o estado seja cada vez mais industrializado. Municípios e estados que têm indústria forte são desenvolvidos”, afirmou Aguiar.

O presidente da FIESC salientou ainda que a infraestrutura é uma grande demanda catarinense. Ele apresentou uma visão do principal corredor logístico de Santa Catarina (ligação das rodovias BR 163, 282, 470 e 101). “Estamos elencando isso como principal eixo de escoamento e em paralelo a isso estamos defendendo a viabilidade de ferrovias, considerando cargas com valor agregado, que é a característica da carga catarinense”, explicou.

O diretor de inovação e competitividade da FIESC, José Eduardo Fiates, apresentou os principais eixos do Programa Travessia e mostrou o potencial de crescimento da indústria e da economia catarinense. A iniciativa, lançada em maio de 2020, busca a reinvenção e a recuperação da indústria e da economia pós-pandemia. É uma ação da FIESC e conta com a parceria do governo de SC e de entidades do setor produtivo. Ele destacou a importância da integração com o governo. “Neste momento estamos iniciando a segunda fase. O programa não acontece sem a participação do governo”, disse. 

Ainda no encontro, o diretor de educação e tecnologia da FIESC, Fabrizio Machado Pereira, apresentou a agenda de educação 20/30 da FIESC, SESI e SENAI e destacou a importância de parcerias com o governo na área.

Em sua fala, Chiodelli, da Casa Civil, destacou que o governo tem feito um trabalho muito alinhado com o que foi apresentado na reunião. “Estamos em sintonia. O governo de Santa Catarina, nestes dois primeiros anos, fez um trabalho interno de gestão para tornar o estado mais eficiente. Diariamente temos discutido planos e ações para os próximos anos. Então, acredito que temos uma harmonia muito grande nas pautas e o que foi apresentado aqui pode ser encaixado nas ações que o governo vem realizando”, afirmou.

O secretário de infraestrutura disse que o programa está em linha com o que a pasta tem buscado, que é um olhar mais de longo prazo. “Estamos muito de acordo com o que os senhores têm pensado aqui e planejado. Precisamos ter uma carteira estruturada de projetos de Santa Catarina para o investidor”, afirmou.

O secretário Paulo Eli afirmou que vai sugerir que o Programa Travessia se torne o masterplan do governo. Ele informou que o governo vai ter a partir do ano que vem R$ 3 bilhões por ano para investimentos na nova modelagem econômica do estado - sendo R$ 2 bilhões com recursos próprios e R$ 1 bilhão financiado.

O secretário Buligon disse que o Travessia tem uma importância muito grande para a economia e a sustentabilidade e que a Secretaria vai contribuir para o andamento do programa.  
A secretária Daniella Abreu destacou a qualidade do Programa Travessia e defendeu a aproximação cada vez maior com o setor produtivo. 

O procurador Sérgio Laguna Pereira colocou a Procuradoria à disposição para superar entraves jurídicos relativos aos projetos. “Temos esse papel de encontrar os caminhos. Somos parceiros e abertos ao diálogo para vencer a burocracia”, declarou.

Altair Silva, da Agricultura, chamou a atenção para o suprimento do milho que abastece as agroindústrias e destacou que neste ano o cenário preocupa porque a produção do grão, que sempre foi próxima a três milhões de toneladas, deve ser de 2,2 milhões por conta da seca. Ele também destacou a importância de o estado ter ferrovias para melhorar a logística do milho que vem do centro-oeste.  

O presidente do IMA ressaltou que conhece a complexidade das questões ligadas aos licenciamentos industriais e das obras de infraestrutura. “Nossa missão é tentar minimizar a burocracia que se tem para acessar o licenciamento ambiental. O carro-chefe que a sociedade mais precisa é do licenciamento e nossa proposta é modernizar”, afirmou. 

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

DNA suíço: administradora dos aeroportos de Florianópolis, Vitória e Macaé passa a se chamar Zurich Airport Brasil

24.02.2021

DNA suíço: administradora dos aeroportos de Florianópolis, Vitória e Macaé passa a se chamar Zurich Airport Brasil

FCDL/SC oferece serviço de certificação digital em nuvem para lojistas de todo estado

22.02.2021

FCDL/SC oferece serviço de certificação digital em nuvem para lojistas de todo estado

Retomada do desenvolvimento econômico de SC passa pelo Sapiens Parque, na Capital

22.02.2021

Retomada do desenvolvimento econômico de SC passa pelo Sapiens Parque, na Capital

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.