fique por dentro de floripa

- Política - Ada debate protocolo catarinense de tratamento pós-covid com governadora

08.04.2021

Ada debate protocolo catarinense de tratamento pós-covid com governadora

08.04.2021
Ada debate protocolo catarinense de tratamento pós-covid com governadora
Foto: Divulgação



Deputada também apresentou propostas pela inclusão de autistas e defendeu auxílio-emergencial para mulheres sob medida protetiva

A organização do protocolo de atendimento para pacientes com sequelas decorrentes do coronavírus foi solicitada pela deputada estadual Ada Faraco de Luca (MDB) à governadora interina de Santa Catarina, Daniela Reinehr. Durante audiência, nesta quinta-feira (8), Ada também defendeu a concessão de auxílio-emergencial para mulheres sob medida protetiva, além de ações inclusivas para autistas. Os três assuntos foram formalizados por meio de ofício, entregues durante a reunião de trabalho, realizada na casa oficial da vice-governadora, em Florianópolis.
Na Assembleia Legislativa, Ada coordena o GT Pós-Covid, grupo de trabalho instituído para colaborar na organização de um protocolo para atender pacientes que receberam alta hospitalar e tiveram sequelas. A deputada apresentou um breve resumo das atividades realizadas desde o dia 24 de fevereiro, quando o GT foi instituído. Ada também pediu detalhes sobre a portaria que determinou a suspensão das atividades do Centro Catarinense de Reabilitação.
“Nós temos exemplos - em instituições públicas ou privadas - de protocolos de atendimento aos pacientes. Pesquisas científicas apontam consequências pulmonares, cardíacas, renais, neurológicas e psicológicas, entre outras. Por mais que estejamos em uma situação crítica, nós precisamos trabalhar com base no tripé prevenção, tratamento e reabilitação”, disse Ada.
A governadora informou que o protocolo pós-covid será encaminhado junto à secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto. Daniela também levará a frente as demais pautas apresentadas por Ada.

AUXÍLIO-EMERGENCIAL
A deputada Ada também solicitou à governadora que o Estado realize estudos de viabilidade para a concessão do auxílio-emergencial para amparar mulheres catarinenses vítimas de violência doméstica e que estão sob medida protetiva em vigor no território catarinense. No Legislativo, tramita um projeto de Ada para pagar um auxílio no valor de R$ 600, durante seis meses. A deputada citou o aumento dos casos de violência como justificativa para a medida.

INCLUSÃO DO AUTISTA
Em alusão ao mês Abril Azul, a deputada Ada também defendeu propostas pela conscientização sobre a importância da inclusão das pessoas com TEA (Transtorno do Espectro Autista) na sociedade. A parlamentar apresentou detalhes sobre o projeto de lei em tramitação que prevê a inclusão do símbolo do autismo na sinalização de vagas para estacionamento especial. Além disso, a parlamentar anunciou o protocolo de um projeto de lei prevendo que a confecção da Credencial de Vaga Especial para Estacionamento de veículos para pessoas com deficiência e/ou idosas tenha um ambiente exclusivo no site do Detran Digital.

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Deputado catarinense quer zerar impostos de medicamentos do “kit intubação”

17.06.2021

Deputado catarinense quer zerar impostos de medicamentos do “kit intubação”

Vereadores aprovam prorrogação do contrato de 153 trabalhadores da COMCAP

10.06.2021

Vereadores aprovam prorrogação do contrato de 153 trabalhadores da COMCAP

Diante de eventual terceira onda, Ada defende vacinação e tratamento pós-covid

02.06.2021

Diante de eventual terceira onda, Ada defende vacinação e tratamento pós-covid

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.